BLOG
A fórmula da juventude.
postado dia 13 de Dezembro de 2014
Imagem do Post
Ação de decompor ou deteriorar; putrefação. Estes são alguns dos sinônimos dados à palavra corrupção.
 
Lendo a carta aos Gálatas encontrei um texto bastante significativo do Apóstolo Paulo, que diz: ...
 
"o que semeia na sua carne, da carne ceifará a corrupção". (Gl. 6.7 e 8)
 
Em quase todos os inscritos bíblicos, corrupção está atrelada à deterioração e putrefação do corpo físico.
 
Quando diz: "Mas aquele a quem Deus ressuscitou nenhuma corrupção viu" (Atos 13:37), está referindo-se a Jesus que não teve uma degeneração do corpo físico enquanto estava morto.
 
Em um pouco antes, neste mesmo texto, foi falado que Davi morreu e viu a corrupção (Atos 13: 36).
 
Em ambos os textos, agora citados, corrupção está referindo-se a degeneração do corpo e não aos outros significados atrelados a esta palavra, como: Ação ou resultado de subornar (dar dinheiro) a uma ou várias pessoas, em benefício próprio; suborno.
 
Depois de morto Davi subornaria ou veria o suborno de alguém? De forma alguma.
 
Em outro texto referente ao mesmo assunto diz: ... "NOS DEU TUDO que diz respeito a vida... Pelas quais Ele nos tem dado grandíssimas e preciosas promessas, para que por elas fiqueis participantes da natureza divina, havendo escapado da corrupção, que pela concupiscência (Inclinação a gozar os bens terrestres, particularmente os prazeres sensuais. Ganância por propriedades materiais. Aspiração por satisfações sexuais) há no mundo (2 Pedro 1:3 e 4).
 
Trocando em miúdos, Pedro diz que escapamos desta degradação corporal.
 
Mas porque ainda envelhecemos e morremos se já nos foi dado o escape?
 
A resposta é: Porque ainda pecamos.
 
Já Paulo falou que o aguilhão da morte é o pecado sendo este banido quando Jesus voltar, pois seremos transformados em um corpo incorruptível.
 
Mas, onde estamos querendo chegar com esta história de corruptível e incorruptibilidade?
 
Se nesta explicação entendemos que a vida já nos foi dada e junto com ela o desprendimento do pecado, compreendemos que a degeneração do nosso corpo deve ser mais lenta, devido à constante abstenção dos atos pecaminosos.
 

Iremos morrer de fato, mas, passaremos por esta vida, mais jovens e mais saudáveis, que qualquer outra pessoa alheia a estas verdades.

envie seu comentário